Reprodução Instagram, DR

Está instalada a polémica em torno de Gordon Ramsay. O famoso chef tem sido alvo de várias crítricas após ter despedido mais de 500 trabalhadores devido ao surto do novo coronavírus.

Marina O'Loughlin, crítica gastronómica, afirmou na sua conta de Twitter: "Mais uma vez, um dia em que vários milionários não irão colocar as mãos, nos bolsos enquanto os pequenos fazem tudo o que podem pelos seus funcionários. E sim, falo do Ramsay.

>> Gordon Ramsay despede mais de 500 trabalhadores em plena crise pandémica: " Livrou-se de nós quando mais precisávamos de apoio" <<

Entretanto, não demorou muito para que chegasse a resposta do chef. "Claramente nunca geriste um negócio e, mesmo assim, durante estes tempos difíceis para todos, escondes-te atrás dos teus patéticos tweets, controla-te! Ataques baratos de uma crítica egoísta e frustrada", escreveu.

Recorde-se que também Anca Toropu, uma das funcionárias dispensadas, também já havia dirigido duras crírias a Ramsay nas redes sociais.

>> Filha de Gordon Ramsay apresenta a namorado nas redes sociais e 'chef' fica chocado <<

"É uma vergonha ver que a empresa em que trabalhaste e pela qual deste tudo o que tinhas durante 2 anos manda-te embora como se não fosses mais nada do que um monte de m****, especialmente em tempos tão difíceis como estes, mesmo sabendo que não têm nada a perder em manterem-te. E não estou a falar de um pessoa, mais de 500 perderam os seus empregos ontem. Tudo o que posso dizer é obrigada Gordon Ramsay, espero que durmas bem à noite ao saberes que tantas pessoas ficaram desempregadas por tua causa", escreveu na sua página de Instagram.