Tal como acontece em milhares de famílias anónimas, são muitas as caras conhecidas que se deparam com a necessidade de ficar longe dos filhos durante o período de quarentena voluntária, seja por residiram numa região diferente daquela onde trabalham ou justamente porque continuam a trabalhar fora de casa e não querem correr o risco de contaminar a família.

Cláudio Ramos

Cláudio Ramos

Instagram

É o caso de Cláudio Ramos, Jorge Gabriel, Leonor Poeiras ou Júlia Pinheiro que expuseram a situação nas redes sociais, por exemplo. “Vale a pena falar da preocupação que sinto enquanto pai, filho, irmão, amigo. Nada se deve sobrepor a esta preocupação que aos poucos se instalou de forma tão firme na nossa vida, que nos mantém inquietos e preocupados em relação ao nosso futuro, ao futuro dos nossos e do mundo onde estamos”, escreveu o antigo ‘vizinho’ de Cristina Ferreira no Instagram. Recorde-se que a sua filha, Leonor, de 15 anos, vive no Alentejo com a mãe, como aliás toda a família de Cláudio Ramos, que continua em Lisboa, em isolamento voluntário, cumprindo as recomendações das autoridades.

Jorge Gabriel

Jorge Gabriel

Instagram

Jorge Gabriel também recorreu à mesma rede social para partilhar com os seus seguidores que, por continuar a trabalhar e a contactar com muitas pessoas todos os dias, optou por ficar longe da família nesta crise pandémica. “Acho que ainda não vos disse que estou sozinho em Gaia e a minha família em Lisboa. Por precaução tomamos esta decisão para cuidarmos uns dos outros. As saudades são imensas”, começou por escrever, antes de se referir ao pai, que se encontra num lar da terceira idade também na região de Lisboa: “As minhas preocupações, principalmente com o meu pai são enormes, mas a esperança mantém-se”. O apresentador da RTP é casado com Filipa Gameiro, com quem tem três filhos: Mariana, de 18 anos, e Madalena, de 17, e Pedro, de três. É ainda pai de Duarte, de 23 anos, fruto de uma anterior relação.

Leonor Poeiras

Leonor Poeiras

Instagram

Leonor Poeiras, que é mãe de António, de 12 anos, está na mesma situação. “Já regressei a casa, já me desmaquilhei, já mudei de roupa e é mesmo por aqui que vou ficar em isolamento nos próximos dias. Os planos mudaram um bocadinho, eu vou ficar sozinha neste isolamento com o meu Chiquinho [o cão], começou explicar nas InstaStories. “O meu filho vinha para casa hoje, mas o pai e eu achámos prudente, achámos de grande responsabilidade protegê-lo e, portanto, ele vai ficar em isolamento em casa do pai, onde tem estado nos últimos dias. Não vai ser fácil, mas pronto, temos as redes sociais e vou dar o meu melhor para não parar de comunicar com o mundo lá fora”, completou.

Júlia Pinheiro

Júlia Pinheiro

Instagram

No caso de Júlia Pinheiro, a situação é um pouco diferente. A apresentadora da SIC encontra-se a cumprir a quarentena voluntária em casa, longe dos filhos, Rui Maria Pêgo, de 31 anos, e as gémeas Matilde e Carolina, de 26. “Na sexta-feira, dia 13 de Março, saí dos estúdios da SIC e fechei-me em casa. Passou o fim-de-semana. Hoje é segunda-feira, o primeiro dia de um período de trabalho. E eu mantenho-me em casa. Não saí uma única vez. As poucas compras de supermercado para o meu reduzido agregado familiar são asseguradas pelo meu marido. Foi assim decidido, em conclave doméstico. Apenas um de nós sairá à rua e ele foi o escolhido porque ainda não está em regime de teletrabalho. Os filhos encontraram as suas soluções. São responsáveis e vigilantes. Estamos em contacto permanente, vigiando os mais velhos e os mais novos. E estamos bem. Sempre atentos às notícias, partilhando informação, carinho e ânimo. E aqui estou, serena e vigilante. Num silêncio bem-vindo, porque é preciso esvaziar os sentidos”, partilhou Júlia Pinheiro.