Diogo Amaral esteve à conversa com Júlia Pinheiro numa entrevista muito reveladora emitida esta sexta-feira, dia 24, na SIC. Além de ter falado da paternidade, da dependência das drogas, o ator abriu ainda o coração sobre a mãe dos seus dois filhos, Jessica Athayde e Vera Kolodzig.

"Tu e Jessica continuam apaixonados?", pergunta a apresentadora da SIC no vídeo que pode ver acima. "Eu gosto muito da Jessica e... pronto", diz o ator de forma hesitante. Diogo Amaral sublinhou que a relação que têm é para sempre por causa do filho, Oliver.

"Está bem, mas isso não significa que sejam um casal", respondeu a apresentadora. Depois de algum silêncio, o ator admitiu: "baby steps [vamos dar passos pequenos]. Gostava de ter mais filhos... com a Jessica. Se calhar! Até porque me dava mais jeito para não ter muitas mães, não?!", brincou, rindo com Júlia Pinheiro, no vídeo acima.

Jessica Athayde e Diogo Amaral anunciaram a sua separação, nas redes sociais, um mês depois do nascimento do filho.

O início da relação com Vera Kolodzig e a paternidade

O ator falou ainda sobre a primeira vez que foi pai, recordando a relação com Vera Kolodzig, como pode ver no vídeo acima. “Detestava a Vera e ela a mim. Embirrávamos um com outro”, sublinhando o momento em que fizeram par romântico numa novela.

Vera Kolodzig e Diogo Amaral apaixonaram-se durante as gravações da novela Espírito Indomável em 2010, estiveram separados em 2012, e voltaram para os braços um do outro, no mesmo ano. Da união nasceu Mateus e em 2017, o então casal anunciou o final da relação nas redes sociais.

VEJA: Diogo Amaral admite postura profissional arrogante e revela que Jessica Athayde lhe salvou a vida