Foi uma das maiores produções da Netflix e conta com um rosto português bem conhecido do público: Lídia Franco - que brilhou nesta mega produção que contou com um orçamento de 134 milhões de euros.

Em conversa com a revista VIP a atriz admitiu que o realizador, Michael Bay, teve conhecimento do seu trabalho através de uma iniciativa coordenada pela diretora de castings Patrícia Vasconcelos, chamado Passaporte, em que dá a conhecer a vários diretores internacionais o trabalho de atores de portugueses.

O filme de ação, que já estreou na plataforma de streaming, foi gravado em 2018, em Florença e conta com um elenco bem conhecido: Ryan Reynolds, Mélanie Laurent, Corey Hawkins e Dave Franco.

Lídia Franco faz de mãe do protagonista, Ryan Reynolds, e está numa clínica devido à doença que a consome: Alzheimer.

Nesta entrevista à VIP atriz mencionou ainda que ficou maravilhada com as 'mordomias' que os americanos têm no cinema: "Quando vieram buscar-me a casa informaram-me qual era a limusina que me vinha buscar para me levar ao aeroporto. E depois lá fui em primeira classe e fiquei num hotel esplendoroso em Florença. Depois aquelas outras coisas à americana, cada ator tem a sua caravana pessoal".

Recorde que, atualmente, Lídia Franco faz parte do elenco da novela Na Corda Bamba, da TVI. No entanto a atriz revelou já ter objetivos para a próximo ano no teatro, séries e cinema mas em Portugal.

1 / 2

Jason Mendez

2 / 2