Cláudio Ramos explicou esta quinta-feira, dia 5, os motivos que o levaram a abandonar o programa Passadeira Vermelha, da SIC Caras, três minutos antes do fim. O ‘vizinho’ de Cristina Ferreira contou que “tinha vindo de uma semana complicada” e que já na segunda-feira, dia 2, não foi ao programa, como é habitual, porque teve um ataque de pânico, provocado um “estado de ansiedade extrema”, que nem sempre tem razão aparente.

Ontem, apesar de ainda não se sentir bem, Cláudio não quis faltar e, depois de já ter dito “várias vezes” que precisava de sair, por estar com fortes dores de cabeça e estar “muito saturado”, saiu a três minutos do fim, por não aguentar mais.

O comentador revelou já justificado a sua atitude ao diretor, Daniel Oliveira, e quis também pedir desculpas aos telespectadores e aos seus colegas.