Jun Sato

Brad Pitt e Angelina Jolie foram um dos casais mais badalados de Hollywood, no entanto, já foi há cerca de 3 anos que anunciaram o divórcio.

O ator, recentemente, já tinha prestado algumas declarações sobre as causas da separação do casal, ora recorde aqui. Mas desta vez foi Angelina Jolie quem desabafou sobre esse momento mais conturbado da sua vida. Em entrevista à revista francesa Madame Figaro, a atriz confessou: "Senti uma tristeza muito profunda e genuína, fiquei magoada. Por outro lado, foi interessante reconectar-me com essa humildade e até essa insignificância que estava a sentir. Talvez seja isso que é sermos humanos". A atriz admitiu, ainda, que foi um período frágil até a nível de saúde: "Todas essas coisas se instalam em ti e relembram-te a sorte que é estares viva".

Atualmente, vive uma época de mudança e transição: "Não sei qual é o meu destino, mas estou convencida de que estou num período de transição, como que um retorno às minhas raízes, um retorno a mim mesma. Porque me perdi um pouco". E é esta a ideia que quer transmitir aos filhos, que são resultado da relação de 12 anos com Brad Pitt: "É uma lição que passo aos meus filhos: a ideia de renovação e, graças a tudo isso, a possibilidade de alegria. Eu tive que redescobrir a alegria".