Os príncipes Stéphanie e Guilherme do Luxemburgo

Os príncipes Stéphanie e Guilherme do Luxemburgo

Getty Images

A família real do Luxemburgo está de luto. Morreu o conde de Lannoy, pai da princesa Stéphanie, esta quinta-feira, 10 de janeiro, e os seus sogros, Henri e Maria Teresa do Luxemburgo emitiram uma nota de pesar.

“É com grande tristeza que Suas Altezas Reais os grão-duques anunciam a morte do conde de Lannoy, pai da grã-duquesa herdeira. Aconteceu no dia 10 de janeiro. Os grão-duques e toda a família do grão-ducado se unem à dor da princesa Stéphanie, do príncipe Guilherme e de toda a família do conde de Lannoy. Que os seus pensamentos mais emotivos, as suas orações e o seu grande carinho os acompanhem”, lê-se.

Há já algum tempo que o pai da princesa herdeira se debatia com problemas de saúde e nas últimas vezes que foi visto em público deslocava-se numa cadeira de rodas.

Recorde-se que, já quando a filha se casou com o príncipe Guilherme do Luxemburgo, o conde Philippe de Lannoy não a acompanhou ao altar justamente por não conseguir andar. Esse papel ficou para o irmão da princesa, Jehan de Lannoy.

A nora dos grão-duques Henri e Maria Teresa já tinha perdido a mãe, a condessa Alix Della Faille de Leverghem, em 2012, aos 70 anos, vítima de um acidente vascular cerebral.