Maitê Proença

Maitê Proença

Facebook

Um grupo de ambientalistas, economistas e investigadores propôs o nome de Maitê Proença para estar ao lado do presidente eleito do Brasil, Jair Bolsonaro, na pasta do Ambiente.

A notícia, entretanto já confirmada pela própria atriz, foi avançada esta segunda-feira, dia 12, pelo jornal O Globo.

A publicação adianta que a estrela da televisão brasileira “não tem filiação partidária”, mas “tem boas relações entre os ambientalistas” e pertence ao “círculo mais próximo de Jair Bolsonaro”, uma vez que manteve durante 12 anos uma relação com o empresário Paulo Marinho – pai da sua única filha, Maria –, que tem uma forte ligação com Bolsonaro. Foi, aliás, na casa de Marinho que o presidente eleito do Brasil deu algumas conferências de imprensa e fez a primeira reunião depois das eleições.

Sem adiantar se esta proposta tem pernas para andar, Maitê Proença afirma: “A ideia é tirar o viés ideológico a que o setor ambiental ficou associado. Trazer um nome que possa abrir as portas que se fecham para os ecologistas. Um nome ligado às causas ambientais, mas que circule nos diversos meios de forma isenta. E que possa colocar a pasta acima de picuinhas políticas. Concordo com tudo. Mas o meu nome é apenas uma ideia".