Samantha Grant

Samantha Grant

A polémica meia-irmã de Meghan Markle continua a dar que falar e, sobretudo, a lucrar com as entrevistas a propósito do casamento, apesar de não ter estado presente na cerimónia e de nem sequer manter qualquer relação com a ex-atriz há anos. Depois de ter dito que ainda acreditava que era possível as duas recuperassem a relação, Samantha Grant, de 53 anos, disse à estação de rádio australiana 2DayFM que gostaria de dar os parabéns à irmã pelo casamento, mas que não pode fazê-lo. O motivo é bem simples, na verdade. Como as duas estão afastadas há muito tempo, Grant não tem qualquer contacto de Markle.

Galeria: Imagens do casamento de Harry e Meghan

“Espero que, depois da lua-de-mel e dos noivos terem tempo de assentar, tenhamos a oportunidade de falar ao telefone”, começou por dizer. E quando o locutor quis saber se tinha o número para poder fazê-lo acrescentou: “Provavelmente consigo-o através do meu pai. Quando as coisas acalmarem, talvez eu tenha a oportunidade de lhe dar os parabéns. Ela é a minha irmã mais nova e eu amo-a. Fiquei tão orgulhosa ao vê-la viver momentos tão felizes, foi lindo e real”.

Recorde-se que nem Samantha Grant nem o outro irmão de Meghan, Thomas Markle Jr., foram convidados para o casamento. O pai, Thomas Markle, de 73 anos, deveria levar a agora duquesa de Sussex ao altar, mas um escândalo de fotografias de paparazzi e uma operação ao coração nos dias que antecederam a cerimónia acabaram por ditar que fosse substituído pelo príncipe Carlos de Inglaterra.

O único membro da família da ex-atriz da série Suits a estar presente no grande dia no Castelo de Windsor foi a sua mãe, Doria Ragland.

Vídeo: Harry e Meghan trocam beijo apaixonado

Estas declarações de Samantha Grant são, no mínimo, surpreendentes na medida em que ainda há pouco tempo revelou que estava a escrever um livro sobre a vida da irmã, intitulado The Diary of a Pushy Princess, no qual promete revelar aquilo que ela própria chama de “podres”. Em entrevistas concedidas pouco depois de ser tornado público o romance de Meghan e Harry, a ex-modelo e atriz acusou também a irmã de ser uma “alpinista social” e de desprezar a família. Disse mesmo que, no seu caso, a ex-atriz se tinha afastado desde que ela tinha sido diagnosticada com uma esclerose múltipla que a deixou confinada a uma cadeira de rodas.

Depois disso e já bem perto do casamento, tanto ela como o irmão apelaram ao príncipe Harry que não se casasse com Meghan, que definiram como “hipócrita”, “falsa” e “interesseira”.

Certo é que ambos continuam a dar que falar e no dia do casamento estiveram a comentar os acontecimentos para a televisão norte-americana.