Os duques de Cambridge trocam algumas palavras durante a cerimónia e até o príncipe André parece surpreendido
1 / 4

Os duques de Cambridge trocam algumas palavras durante a cerimónia e até o príncipe André parece surpreendido

JONATHAN BRADY

2 / 4

WPA Pool

Depois da troca de palavras, ambos ficam de rosto fechado
3 / 4

Depois da troca de palavras, ambos ficam de rosto fechado

WPA Pool

No final da cerimónia voltaram a aparecer pouco sorridentes
4 / 4

No final da cerimónia voltaram a aparecer pouco sorridentes

WPA Pool

Kate Middleton sempre manteve uma relação muito próxima com o cunhado, Harry de Inglaterra, e o próprio até chegou a brincar algumas vezes com o assunto, dizendo que era uma espécie de filho mais velho dos duques de Cambridge. Seria, portanto, de esperar que a mulher do príncipe William se mostrasse radiante no dia do casamento de Harry com Meghan Markle, mas a verdade é que não esteve nos seus melhores dias e isso viu-se.

Kate começou por mostrar uma atitude displicente ao repetir neste dia o vestido que tinha usado no batizado da filha, Charlotte, no outono de 2016, e numa cerimónia oficial no verão passado. Além disso, em vez do habitual sorriso que a caracteriza – aquele de quem tem consciência que está a ser observada em permanência e que não pode deixar transparecer qualquer dissabor porque isso vai ser notícia – esteve de rosto fechado durante quase toda a cerimónia. Houve ainda olhares de soslaio para a ‘sogra’, Camilla, que até deram origem a memes na internet, e aquilo que pareceu ser uma pequena discussão com o marido enquanto Harry e Meghan trocavam juras de amor.

Veja aqui as fotografias oficiais do casamento de Harry e Meghan

Estaria a duquesa de Cambridge a perceber que, afinal, quem estava a viver o verdadeiro conto de fadas era Meghan Markle? Uma atriz de 36 anos, divorciada, afro-americana, pela qual o príncipe Harry obrigou a família real a ultrapassar todos os seus preconceitos.

Não se sabe ao certo o que estava a passar-lhe pela cabeça, mas a verdade é que o facto de o marido ser segundo na linha de sucessão ao trono britânico coloca sobre ambos um peso diferente e isso viu-se logo no dia do casamento, em abril de 2011, em que o protocolo foi seguido à risca.

Já Harry e Meghan, apesar de terem respeitado muitas regras, mostraram que, apesar de estarem a ser vistos por milhões de pessoas em todo o mundo, também estavam a viver aquele momento da forma que queriam. A noiva fez parte do percurso até ao altar sozinha e mostrou que vai continuar a ser uma mulher independente; o noivo deixou transparecer as suas emoções e até se declarou à ainda futura mulher antes de início da cerimónia; houve um coro de gospel e um reverendo negro; e à saída da capela um beijo apaixonado.

No fundo, Kate sabe que dela as pessoas esperam que esteja sempre no seu melhor e que para os admiradores da família real o mais importante não será que esteja feliz. O que realmente importa é que transpareça uma imagem de perfeição sempre que aparece em público ao lado do marido e que assegure a descendência. Algo que está a cumprir: em sete anos de casamento já teve três filhos, George, Charlotte e Louis.