Chris Jackson

Meghan Markle e o príncipe Harry são o casal protagonista do casamento do ano, que se realiza a 19 de maio, na capela de Saint George, no Castelo de Windsor. Para a celebração, serão convidadas 2.640 pessoas e 1.200 são oriundas de diferentes estratos sociais de toda a Inglaterra.

Em comunicado oficial, a casa real britânica declara que “o príncipe Harry e a senhora Meghan Markle querem que o seu casamento seja feito de forma a permitir que membros do povo também se sintam parte das celebrações. Este casamento, como todos os casamentos, será um momento de divertimento e alegria, que vai refletir a personalidade e valores dos noivos”. Acrescentam ainda os detalhes dos planos para este grupo de convidados: os noivos “convidaram 2.640 pessoas para o recinto do Castelo de Windsor para assistirem à chegada da noiva e do noivo, e dos seus convidados, à capela e para assistirem à procissão da carruagem, que parte do Castelo”.

Estes mais de dois milhares de convidados, são então compostos por 1,200 membros do povo em geral; 200 membros de associações e organizações de caridade com as quais Meghan e Harry mantém uma ligação; 100 pupilos de duas escolas locais; 610 membros da comunidade do Castelo de Windsor e 530 membros da Royal Households (a organização que apoia a rainha nas suas atividades oficiais) e da Crown Estate (a entidade responsável pela gestão de propriedade da Família Real).

A lista de convidados do casamento ainda não foi divulgada, mas duas das confirmações mais aguardadas são as ex-namoradas de Harry, Chelsy Davy e Cressida Bonas.