Reprodução Instagram, DR

O MET Gala aconteceu na noite desta segunda-feira, 13 de setembro, e sendo um dos eventos mais importantes no mundo da moda, chamou a atenção pela ausência de algumas celebridades como Nicki Minaj e a razão deixou os internautas ainda mais revoltados.

Questionada sobre a sua ausência no evento mais badalado do ano, a artista de 28 anos explicou que não foi vacinada contra a Covid-19 e esse foi o motivo pelo qual não esteve presente, uma vez que a organização do MET Gala exige o certificado de vacinação. “Eles querem que as pessoas se vacinem para ir ao MET. Se eu me vacinar, não será pelo MET. Será quando eu sentir que pesquisei o suficiente sobre o assunto. Estou a fazer isso agora”, escreveu no Twitter. De seguida, a rapper pediu ainda aos fãs para que se protejam e usem máscaras “com dois elásticos que prendem o rosto e a cabeça”.

Na noite do evento, Nicki Minaj fez uma série de publicações sobre o tema e, numa delas, revelou que testou positivo ao coronavírus enquanto se preparava para a gala dos MTV Video Music Awards (VMAs), realizada este domingo, 12 de setembro. “Eu estava a preparar-me para os VMA’s, gravei um vídeo e adivinhem quem está com Covid-19? Vocês sabem o que é não poder beijar e abraçar o seu bebé?”, questionou, referindo-se ao filho de oito meses.

Após diversas críticas, a artista contou: “O Drake [rapper] acabou de me contar que ficou com Covid-19 (mesmo) vacinado, portanto, acalmem-se”.