Diogo Faro

Diogo Faro

Reprodução Instagram, DR

Diogo Faro foi um dos 6 mil portugueses, entre os 61 mil adeptos, nas bancadas do jogo Hungria-Portugal, da UEFA Euro 2020, que aconteceu esta terça-feira, dia 15 de junho. Durante uma reportagem no Primeiro Jornal, da SIC, o comediante surge sem máscara e o mesmo acontece num vídeo onde parece estar no estádio.

Após as imagens, o nome de Diogo chegou às tendências do Twitter e não pelos melhores motivos. "Hipócrita", "Ignorante" e "Sem noção" são algumas das palavras utilizadas pelos internautas para descrever o humorista. "Sou contra um arraial e na semana seguinte vou para um estádio com 60 mil pessoas. Diogo Faro, o senhor coerência!", afirmou um internauta. "Pena não haver vacina para a falta de noção", disse outro.

"Olha quem é o rapaz à direita. Criticam o arraial liberal com mil pessoas e depois estão na Hungria sem máscara para ver um jogo com 70 mil pessoas no estádio. Por aqui a esquerda em Lisboa proíbe as pessoas de verem os jogos em quiosques", escreveu um terceiro.

Indignado, Diogo Faro respondeu ao comentário acima: "Mas têm que estar sempre atrás de tudo o que faço para me chatear os cornos? Sabem que só se pode entrar na Hungria com PCR negativo? E no estádio também? E que a Hungria tem 70% da população vacinada? Foi assim também no vosso arraial ridículo?", questionou.

Recorde-se que não é a primeira vez que o comediante está envolvido em polémica. Em fevereiro começou a circular uma fotografia sua numa festa, alegadamente da passagem de ano, onde surge com pelo menos 14 amigos.