Reprodução Instagram, DR

À semelhança de outros rostos conhecidos, Nuno Markl usou as redes sociais para mostrar o seu desagrado face ao desrespeito das medidas de segurança adotadas para travar a pandemia durante os festejos do recente título de campeão nacional conquistado pelo Sporting.

Num desabafo partilhado na sua página de Instagram, o humorista aproveitou para lembrar as críticas ao espetáculo Deixem o Pimba em Paz, de Bruno Nogueira, que aconteceu no ano passado no Campo Pequeno e comparou ambas as situações.

"Tenho muito sportinguista próximo que está feliz, e eu feliz por eles. Não percebo nada de bola, mas percebo a importância que ela tem na vida de quem a ama e tenho o maior respeito por esse amor", começou por escrever.
"Mas por muito que esteja feliz com a felicidade de tanto sportinguista fixe da minha vida, alguns da minha família, há um lado em mim que ainda se lembra da fúria, dos insultos, das agressões verbais insanas contra o grupo do Deixem o Pimba em Paz, quando fizeram um concerto no Campo Pequeno, com a lotação reduzida a metade, exemplares medidas de distanciamento, cuidado extremo nas entradas e saídas do recinto. Li coisas tão violentas contra eles, numa altura em que era tão importante meter a cultura - lentamente - a mexer de novo, a empregar profissionais que estavam sem dinheiro para comer", recordou.

"É só isto. Nada tenho contra o futebol, mas tenho pena que tanta gente tenha, aparentemente, tanto contra a cultura. É que ainda não li nada sobre a loucura de ontem [11 de maio] tão intenso como li sobre aquele espetáculo", rematou.