Reprodução Facebook, DR

Em casa tem uma estante repleta de livros e são várias as vezes que os partilha nas redes sociais. Esta segunda-feira, dia 3 de maio, Diogo Faro recorreu mais uma vez à sua conta de Instagram para falar sobre ‘A Incrível História de António Salazar, o Ditador Que Morreu Duas Vezes’, de Marco Ferrari.

"Se este monte de esterco ainda governasse, é certinho que eu neste momento estava preso em Caxias ou no Tarrafal, em vez de estar aqui a ler um livro sobre [Salazar]", começou por escrever na legenda da fotografia abaixo onde mostra uma piscina como pano de fundo.

Embora sinta uma profunda raiva e abominação para com o protagonista da obra, o comediante "recomenda muito" o livro, "mesmo que a cada página que lia sentisse só vontade de lhe cuspir para a cara pelas milhões de famílias portuguesas que destruiu, as pessoas que matou, prendou e torturou".

"Não há absolutamente nada de bom que este monstro, e todos os que com eles alinharam, tenha feito pelo país. E mais, quão corno é preciso seres para dizer que não tinhas namorada ou mulher porque "estou casado com a pátria"? Que embaraçoso, até para um ditador", continuou.


"E agora vou dar um mergulho, mesmo à burguês, para me acalmar depois de ter lido isto. Leiam. E não deixem passar o fascismo", rematou.

Reprodução Instagram, DR