Foi numa entrevista para o canal de Sabrina Sato no Youtube que Deborah Secco fez várias confissões no que toca à sua vida sexual, antes e depois de ser mãe.

"Nós diminuímos muito a quantidade de sexo. Eu fiquei grávida com dois meses de namoro, então quando engravidei, tínhamos sexo dez vezes por dia", começou por contar a atriz brasileira. Durante a conversa adiantou que na gestação conseguia manter semanalmente a intimidade com o marido, Hugo Moura.

"Ainda tenho muito sexo na casa de banho, sim. Ainda por cima aqui com a Maria [a filha] que está a dormir na minha cama e não sai mais. Daí a casa de banho. O Hugo às vezes quer na cama e eu digo: 'Estás louco? A criança!'", disse com humor.

Sem qualquer tipo de preconceito, a atriz da Globo não entendo o tema do sexo como tabu. "A minha filha nasceu de sexo. Todo mundo que existe veio do sexo, qual é a razão das pessoas terem dificuldade de falar disso?", questiona.

Além de revelar que na sua vida não dá espaço a julgamento dos outros, a atriz, mãe de Maria Flor, notou que a família nuclear ficou mais próxima com a quarentena. Habituada a gravar 11 horas por dia, Deborah Secco fala num sonho cumprido pelo tempo ao lado da família.