Xana Abreu com Daniel Oliveira

Xana Abreu com Daniel Oliveira

Reprodução Instagram, DR

No último fim de semana, Xana Abreu - artista também conhecida por Xana Toc Toc (projeto musical infatojuvenil) - foi a convidada do programa Alta Definição. Numa entrevista intimista com Daniel Oliveira, a certa altura, artista falou sobre a infância difícil, marcada pela ausência do pai.

"O meu pai foi-se embora quando em tinha um ano. De certa forma, senti-me responsável pela separação dos meus pais. Sempre soube que não era uma criança bem-vinda para o meu pai. Quando nasci ele foi embora. É difícil uma criança saber disto. Sempre me fez muita falta”, recordou, revelando que voltou a ter contacto com a progenitor apenas mais uma vez, durante a adolescência.

“Aos 17 anos, apareceu outra vez, mas eu tive a decisão de não o voltar a ver. Já não era pai, era uma pessoa estranha”, contou.

Entretanto, esta terça-feira, 2 de março, Xana Abreu partilhou com os seus seguidores nas redes sociais que foi contactada sua família paterna após a exibição da entrevista no programa da SIC.

"Graças ao querido Daniel Oliveira e ao Alta Definição que fizemos juntos, a minha família paterna, que há muito que me procurava e eu não sabia, conseguiu encontrar-me e entrou em contacto comigo", começou por escrever na sua página de Instagram.

"Perceberam que a Toc Toc tão gostada pela família era a mesma sobrinha/menina com quem tinham perdido o contacto há muitos anos atrás", explicou.

“A vida é uma ironia, nada é por acaso e eu não podia estar mais feliz. Aproveito para, e porque nunca é demais, agradecer TODO O AMOR que tenho recebido de todos vocês. OBRIGADA! Estamos juntos!”, completou.