Reprodução Instagram, DR

"Esta é uma carta de amor para o meu genro Shawn Carter". Foi assim que a mãe de Beyoncé, Tina Knowles, começou por escrever na legenda da fotografia acima publicada na sua conta de Instagram, referindo-se ao rapper Jay-Z.

A designer de moda de 67 anos apontou que o genro recebe muitas críticas de outras pessoas e elogiou-o pelo seu trabalho no Super Bowl. A empresa do rapper, a Roc Nation, fechou um contrato com a NFL em 2019 para ter um papel de destaque na organização de ações de entretenimento e no programa de justiça social da liga.

"A razão pela qual fui levada a escrever isto foi porque recentemente, no Super Bowl, nós testemunhamos o hino nacional 'America the Beautiful' e os concertos dos intervalos todos com negros super talentosos! Todos estavam empolgados com isso! Cada pessoa que tocou, Jazmine Sullivan, H.E.R. e The Weeknd, todos arrasaram nas suas performances", disse. Veja aqui as imagens da poderosa atuação de The Weeknd!

"Eu li todas as coisas horríveis que as pessoas disseram, chamando-o de traidor e a odiá-lo muito, mas ele continuou a seguir em frente porque todas as pessoas que já promoveram mudança foram criticadas e perseguidas pelos seus colegas", lamentou.

"Uma coisa que percebi sobre Jay é que ele não permite que o que as pessoas dizem o intimide a não fazer as coisas que ele sabe que são certas", continuou, referindo que "depois do último Super Bowl, eu não li um comentário de uma pessoa que se dissesse satisfeita por ele não ter ouvido as críticas, mas sim ter seguido em frente e ter sido capaz de fazer com que três artistas negros talentosos dominassem o Super Bowl este ano". "Porque será isso?", questionou.

Tina demonstra-se muito orgulhosa de Jay-Z: "Eu tenho visto tanta bondade e generosidade tantas vezes que as pessoas nem imaginam! És um verdadeiro homem, alguém que admitiu publicamente quando cometeu erros de uma forma muito corajosa e elegante! Tu, por sua vez, influenciaste a cultura de jovens negros. Amo-te muito", rematou.