Reprodução Instagram, DR

Esta quinta-feira, 21 de janeiro, é um dia especial para Rui Maria Pêgo. O radialista completa mais um ano de vida, porém a celebração deste ano vai ser solitária face à pandemia de Covid-19, que atualmente atinge números alarmantes em Portugal.

"Dia 21, do ano 21, do século 21. Surreal celebrar 32 anos sem poder abraçar as pessoas de quem gosto. Neste cenário escabroso com a escalada de movimentos carburados a ódio e doença no ar, é difícil de se manter o coração longe da intenção da guerra", começou por escrever o filho de Júlia Pinheiro num desabafo deixado na sua página de Instagram.

>> JÚLIA PINHEIRO ENCANTA FÃS COM FOTOGRAFIA ANTIGA DO FILHO: “QUE AMOR”

"Queremos morder, precisamos de culpar alguém pelas dores que estamos a viver. Estamos no meio de um nevoeiro gordo, teimoso. Tento viver com alguma poesia, e humor, mas começo a não saber como manifestar graça", prosseguiu.

"Ainda assim, acredito que nada é permanente. Nenhuma derrota é eterna. Vamos dar a volta. Agradeço a todos pelos parabéns, e deixo os meus a todos aqueles que estão com medo agora. Acordar e continuar a viver apesar do pânico é sempre uma vitória", completou.