Reprodução Instagram, DR

No último domingo, 17de janeiro, Romana usou as redes sociais para informar que testou positivo à Covid-19 e mostrar-se ainda a favor do encerramento das escolas durante o segundo confinamento geral.

Entretanto, na noite desta segunda-feira, dia 18, a cantora explicou aos seguidores como contraiu a infeção.

"Fui ingénua e deixei-me levar pelo coração, deixando uma querida que eu adoro ficar cá uma semana, é a priminha da minha filha, com 13 anos. Na segunda-feira, percebi que ela estava com febre e dei-lhe medicação, ela, no dia seguinte, disse que se sentia melhor. Passaram mais seis dias e ela disse que estava sem olfato e aí fiquei muito assustada", começou por contar.

"A mãe da menina disse que ela já se estava a queixar de falta de paladar e olfato há três dias, mas eu só me apercebi no sábado e foi no sábado que me comecei a sentir muito cansada, sem forças e algumas dores no corpo. A menina fez o teste no dia seguinte e acusou positivo. A menina só ia da escola para minha casa", revelou.

"Eu saio, no máximo, duas vezes por semana para comprar os bens essenciais, uso duas máscaras, tento manter o distanciamento social... Desinfeto as compras, deixo os sapatos à porta de casa. Enfim... Não foi suficiente", referiu

" Serviu-me de lição, nunca abrirei mais um exceção para receber alguém em minha casa, mesmo que seja uma criança que eu adoro muto", completou.

1 / 2

Reprodução Instagram, DR

2 / 2

Reprodução Instagram, DR