Reprodução Instagram, DR

Esta terça-feira, dia 12 de janeiro, Azealia Banks deixou os fãs completamente chocados ao partilhar vídeos e fotografias onde surge a desenterrar o seu gato, Lúcifer, que faleceu há três meses, e a escaldar os restos mortais do animal.

"Lúcifer 2009-2020. Meu querido gatinho. Obrigada por tudo. Uma lenda. Um ícone. Para sempre um servo", escreveu na legenda de uma das publicações, referindo ainda que queria trazer o animal "de volta à vida".

Todo o processo foi filmado e partilhado na conta de Instagram da cantora, mas rapidamente foi apagado. A artista, no entanto, manteve um vídeo nos stories, no qual está a queimar sálvia, uma erva que costuma ser usada para limpar as energias negativas de um espaço.

De seguida, Azealia publicou a imagem de um vaso com vários itens como pode ver acima. Os fãs ficaram estupefactos com a situação. "A Azealia fez sopa do gato dela?", escreveu um no Twitter. "Espero genuinamente que a rapariga encontre ajuda... Meu Deus", afirmou outro. "O meu estômago está na boca agora. Ela deveria mesmo falar com um psicólogo", disse um terceiro.

Porém, há ainda quem defenda a cantora dizendo que se trata de um ritual. "A primeira coisa que pensei quando vi a notícia da Azealia Banks foi 'será que isto não tem a ver com a religião dela?' Pois é exatamente isso. A mulher não vai comer o gato, ela está a limpá-lo. Provavelmente vai colocar em algum lugar ou fazer algum ritual com ele pois sente falta", começou por escrever. Mais tarde, acrescentou: "Ela mudou-se e quis levar o gato com ela. Pesquisem antes de falar m****".

Gavriil Grigorov