No início de outubro, Lana Del Rey participou numa sessão de autógrafos numa livraria em Los Angeles e recebeu uma chuva de críticas após usar uma máscara facial com buracos, uma espécie de rede.

Na altura, a cantora de 35 anos foi mesmo chamada de "irresponsável" por diversos internautas nas redes sociais, como pode ler aqui, que questionaram a eficácia da máscara em prevenir a transmissão do novo coronavírus.

Esta terça-feira, dia 17 de novembro, decidiu quebrar o silêncio e reagir a um artigo do The Michigan Daily sobre a polémica e que foi partilhado no Twitter. "Ótimo artigo. A máscara tinha plástico por dentro. Elas normalmente são costuradas por estilistas hoje em dia", apontou.