Raquel Tavares

Raquel Tavares

Instagram

“Perguntam-me algumas vezes se gosto mesmo de fazer o ‘Domingão’, se me sinto confortável... Noto sempre que esta questão tem um travo de desdém ou preconceito. Lamento constatar que há horizontes tão limitados. Mas eu respondo...”, começou por escrever Raquel Tavares nas redes sociais.

“Não me ocorre nesta altura da vida, fazer algo mais digno e com mais importância do que o Domingão. Trabalho com alguns dos maiores profissionais, entre apresentadores, técnicos, operadores de câmara, realizadores, produtores, maquilhadores, cabeleireiros, e um sem número de pessoas sem as quais não seria possível fazer televisão, uma equipa dedicada e que trabalha até à exaustão para fazer o melhor possível numa altura em que as limitações são cada vez maiores e tudo é um desafio constante e a responsabilidade é abismal”, prosseguiu.

“Tendo em conta que todas estas pessoas também têm família e receios, mas nem por isso deixam de dar o melhor que têm todos dias para, no final, cumprir um dos mais bonitos objectivos disto que é a televisão: fazer companhia. Não, não é lirismo. É verdade. Não entenderão os que felizmente têm família ou estão de alguma forma acompanhados. Mas é preciso lembrar que há muitas pessoas a viver na mais profunda solidão e que a única companhia que têm, é mesmo esta, a televisão. E agora então mais do que nunca! Por isso, sim! Gosto MUITO e tenho o maior ORGULHO em fazer o ‘Domingão’, com quem faço e para quem faço. Obrigada equipa! É magnífico o que fazem! Vocês são os MAIORES! 🤍, concluiu Raquel Tavares.

Recorde-se que a fadista surpreendeu no início deste ano anunciar que colocava um ponto final na sua carreira de mais de duas décadas. Desde então tem recebido inúmeras críticas por continuar a ter como principal ocupação algo que a deixa muito exposta – além da apresentação, apostou também na representação -, mas também já respondeu a esses comentários. Saiba mais aqui!