Reprodução Instagram, DR

Desde a passada terça-feira, dia 14 de julho, que os dias de Orlando Bloom têm sido muito angustiantes. Razão: Mighty desapareceu. Trata-se de um cão da raça poodle muito acarinhado pelo marido de Katy Perry, que está à espera do primeiro filho do ator.

O britânico de 43 anos contratou inclusive um detetive profissional para o ajudar a procurar o animal em Montecito, na California, e colocou posters oferecendo uma recompensa de mais de 4 mil euros a quem o encontrar.

Nas redes sociais, Orlando Bloom fez também um desabafo comovente: “Não me lembro de um momento na minha vida em que estive tão desolado. Passei os últimos dias sem dormir com a ideia de meu homenzinho estar perdido e assustado, sem que eu possa fazer qualquer coisa para protegê-lo, é um pesadelo”, começou por escrever.

Sinto-me impotente. Talvez como muitos outros que estão a perder os seus entes queridos ou impossibilitados de vê-los por causa do cenário atual”, disse, referindo-se à pandemia do novo coronavírus que já matou mais de meio milhão de pessoas em todo o mundo.

"Aprecie os momentos com aqueles que ama porque nada é prometido. Confie nisso e não tenha medo do amor ou medo de perder o amor. O Amor é eterno", continuou. Por fim, fez um apelo: "Orem para que o meu menino forte e poderoso encontre o caminho de volta para a sua família", disse.