Taylor Hill

Nos Estados Unidos, a morte de George Floyd tem gerado uma série de protestos contra a brutalidade policial aplicada às pessoas negras. São vários os artistas, nacionais e internacionais, a demonstrar todo o seu apoio nas redes sociais e até saem à rua para se manifestarem. Porém, nem todos estão de acordo com o movimento 'Black Lives Matter' (Vidas Negras Importam, em português).

Pink partilhou um excerto de uma publicação feita por Billie Eilish onde a mesma criticava o movimento 'All Lives Matter' (Todas as Vidas Importam, em português). "Se eu ouvir mais uma pessoa a dizer 'Todas as Vidas Importam', mais uma vez, vou perder a cabeça. Podem calar-se? Ninguém está a dizer que a tua vida não importa. Tens privilégios, quer gostes ou não. A sociedade dá-te privilégio apenas por seres branco. Podes ser pobre, podes estar com dificuldades... e ainda assim a tua cor de pele está a dar-te mais privilégios do que tu imaginas. O slogan de #BlackLivesMatter não significa que outras vidas não importam. Está a chamar a atenção para o facto de que a sociedade pensa claramente que vidas negras não importam! E elas importam!", lê-se.

Depois de fazer a publicação criticando, Pink recebeu inúmeros comentários, entre eles o de uma seguidora que acreditava que as circunstâncias da morte do afro-americano poderiam acontecer com "qualquer um de nós" e não somente com pessoas negras, referindo ainda que o problema não era racial.

"És o epítome do privilégio branco. A parte mais triste é que nem te ouves e provavelmente nunca te ouvirás", respondeu a artista.

Instagram