Mauricio Santana

Este domingo, dia 24 de maio, Anitta decidiu recorrer às redes sociais para desabafar com os seguidores sobre uma polémica em que está envolvida. Num vídeo, a cantora de 27 anos faz algumas acusações ao jornalista Leo Dias, inclusive diz que tem vindo a ser ameaçada há anos,

No Instagram, a artista começou por explicar que decidiu quebrar o silêncio porque quando desmentiu uma notícia do jornalista, este chantageou-a, dizendo que iria divulgar áudios e conversas comprometedoras entre os dois.

"Esta semana, fui ameaçada por um jornalista chamado Leo Dias. Ele ameaçou não só a mim, mas à minha equipa também, por uma notícia que ele fez e que não era verdadeira, sobre o motivo pelo qual a minha mãe tinha saído da minha casa e tal. Disse que ela estava a morar no subúrbio e eu desmenti", afirmou a cantora. Anitta divulgou ainda imagens da conversa de Leo Dias com a sua assessoria onde o jornalista pede para que Anitta não o desminta.

"Exijo que ela jamais me desminta da maneira como ela fez. Que ela comece a calcular os riscos das ações contra mim. Não estou aqui para brincadeira. Não mexe comigo que eu não ando só", lê-se numa das mensagens enviadas pelo jornalista que a cantora mostrou.

Reprodução Instagram, DR

Anitta revela que tem sido fonte de noticias acerca da sua vida e da de outros artistas ao longo dos anos porque tinha medo que o jornalista acabasse com a sua carreira. "Eu tinha muito medo. Por muitos anos da minha vida, eu tive esse medo. Desde o dia em que eu o conheci, muita gente me falou que ele descobria um monte de coisa, como descobriu até que a minha mãe foi para o subúrbio e nem eu sabia", explicou.

Entre as revelações de Anitta, estaria uma conversa onde a cantora dizia que Preta Gil mantinha um grupo no WhatsApp para falar mal de outros famosos. Nomes como Claudia Leitte e Ivete Sangalo também estavam envolvidos.

"Pode soltar qualquer coisa que você tiver sobre mim, pode fazer qualquer matéria, sendo verdadeira ou não… Eu vou continuar trabalhando e, quem quiser acreditar em mim e no meu caráter, em quem sou eu, vai estar comigo, e quem não quiser, infelizmente, faz parte da vida", alertou. Segundo a imprensa brasileira, Anitta avançou com um processo judicial contra Leo Dias, que chegou a escrever um livro sobre a artista, "Furacão Anitta".