São já meses de quarentena em Portugal face ao novo coronavírus, Núria Madruga não é exceção. Mas a atriz já fez um período de quarentena após o nascimentos dos seus filhos.

Em 2011, Núria Madruga foi mãe pela primeira vez de gémeos. Os gémeos Salvador e Sebastião nasceram prematuros, às 26 semanas de gestação, e que estiveram num internadas durante um mês.

"25 de Julho de 2011. Já estávamos há mais de um mês no hospital e já acusava o cansaço no olhar. Mas a esperança esteve sempre lá, bastava olhar para eles para acreditar que ia correr tudo bem e que íamos sair daquele hospital ainda mais fortes. E assim foi, 51 dias depois. Já em casa e com alguns internamentos pelo meio, fizemos praticamente 1 ano de quarentena", começa por dizer.

Tal como a situação do novo coronavírus havia máscaras, desinfetantes. A atriz sublinhou que, tal como muitos portugueses, tem saudades de abraçar quem mais gosta, mas que ainda essa altura ainda não chegou.

"Mas, pelos meus filhos, pelos que tenho com a saúde mais frágil e pelo respeito que tenho por todos os que foram, de uma maneira ou de outra, afetados por este vírus, não vou ainda festejar este falso regresso à 'normalidade'", confessou.