Foi nas redes sociais que Florbela Queiroz deixouo um desabafo. Abalada pela pandemia da Covid-19 e pelo facto de não ter tido muito trabalho nos últimos anos, a atriz publicou um texto no seu Facebook que motivou alguma preocupação junto dos seus fãs e amigos.

»» Há 55 anos em Portugal, Io Apolloni recorda sucesso: "Era boa atriz, era lindíssima e despia-me"

"Estou muito triste. Sinto que quando isto acabar já não vou ter lugar em lado nenhum, nem nos grupos que levam o teatro pelo País, nem na televisão", começa por dizer. "Vou morrer sem voltar a trabalhar. Os dois anos que estive parada, o desgosto deu-me cabo da boca, da cara, da pele! Que Deus me leve! Que a cultura prevaleça e o teatro continue porque o teatro não pode morrer! Viva o teatro e os seus. Resistentes!", escreveu a atriz de 77 anos, durante a madrugada desta segunda-feira, dia 6.

"Calma. As coisas não podem ser vistas dessa maneira. Agora estamos todos no mesmo barco Flor. Vamos esperar por melhores dias. Beijo e pensamento positivo", escreveu um dos seus amigos nos comentários. De imediato surgiram outros mais, apelando a calma da atriz.