A carta que criança deixou à mãe para lhe agradecer

A carta que criança deixou à mãe para lhe agradecer

Reprodução Instagram, DR

Os profissionais de saúde continuam a lutar na linha da frente contra a pandemia do novo coronavirus e Michelle Obama decidiu recorrer às redes sociais para lhes prestar uma homenagem, mas não apenas a esse grupo: funcionários de supermercado, transporte público e entrega ou qualquer outra atividade que continue a decorrer durante o surto.

"Tantas pessoas extraordinárias estão a colocar as suas vidas em risco para ultrapassarmos este momento. Vamos aproveitar a oportunidade para lhes dizer a eles e às suas famílias que vemos os seus sacrifícios e estamos com eles. Uma carta manuscrita, uma publicação no Instagram ou um texto simples de "agradecimento" podem ajudar bastante a deixar alguém saber o quão incrível ele é e o quanto você aprecia o que ele está a fazer", escreveu a mulher de Barack Obama na legenda da publicação.

>> Michelle Obama sobre o lado positivo da quarentena: "Forçou-nos a estar uns com os outros, a ter conversas reais"

A antiga primeira-dama dos Estados Unidos partilhou várias cartas e bilhetes de agradecimento que crianças escreveram. Um dos manuscritos foi elaborado pelo filho de uma enfermeira, mostrando-se muito orgulhoso pelo trabalho da mãe:

"Querida mamã, este coronavírus está a enlouquecer toda a gente. Mas não conseguiríamos enfrentar isto sem enfermeiros como tu no Serviço Nacional de Saúde. Parabéns por seres tão forte. Amanhã é outro dia. Dorme, relaxa e deixa a Stacey Solomon animar-te. Nós amamos-te", lê-se.

1 / 4

Reprodução Instagram, DR

2 / 4

Reprodução Instagram, DR

3 / 4

Reprodução Instagram, DR

4 / 4

Reprodução Instagram, DR