Reprodução Instagram, DR

Numa altura em que o nosso país atravessa um momento delicado devido ao surto do novo coronavírus, Frederico Varandas anunciou que vai reforçar o corpo médico nacional durante o estado de emergência, declarado na passada quarta-feira, 18 de março, pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

"Pelas gerações dos nossos pais e avós mas também por esta geração que não pode crescer num país sufocado noutra grave crise económica. Por todos eles, por Portugal...vamos! Cada um à sua maneira. Uns a tratarem dos doentes, outros a fazerem pão, outros a informarem os portugueses, outros a trabalharem nos seus serviços para manter a economia e o país de pé", começou por escrever na legenda da imagem em que surge com o filho, Santiago, ao colo.


"Já servi o País, hoje vou voltar a fazê-lo enquanto o Estado de Emergência durar...e voltarei sempre que Portugal precisar. Vamos...vamos com tudo", rematou.

Recorde-se que o presidente do Sporting Clube de Portugal serviu como militar no Afeganistão.