Fez praticamente um ano desde que Áurea Pinheiro sofreu um AVC severo. Esta quarta-feira, dia 18, em período de quarentena voluntária devido ao novo coronavírus, Júlia Pinheiro manifestou a saudade e a preocupação pela mãe.

"Hoje a Primavera apareceu no meu jardim. Nada a detém. As glicínias estão em flor. É o momento perfeito do ano para mim. Dura pouco, como as certezas do nosso tempo. Mas estão ali, atrás de mim, como uma bandeira de normalidade. Estou grata por este gesto gentil da Natureza", começa por dizer a apresentadora SIC ao publicar uma imagem do seu jardim.

Depois de revelar no seu site oficial que encontrou "civismo" e "serenidade" quando precisou de ir ao supermercado, Júlia Pinheiro falou sobre a mãe.

"O meu coração está em sobressalto apenas porque não posso ver a minha mãe. Está protegida numa residência e ontem dizia-me, na confusão deixada pelo AVC e pela idade: 'Isto é muito grande, filha. Ninguém nos avisou. Agora, estamos sozinhos'. 'Não estás, Mamã! Estamos sempre perto de ti. E também isto passará!'", terá dito a apresentadora.

Espreite aqui uma fotografia da mãe de Júlia Pinheiro.