António Vieira Monteiro morreu esta quarta-feira, no hospital Curry Cabral, em Lisboa, após uma infeção da Covid-19, avança o jornal Expresso. Era atualmente o chairman do Santander Totta e representa a segunda vítima mortal por novo coronavírus em Portugal.

Vieira Monteiro tinha 74 anos e foi exerceu o cargo de presidência do Santander Totta de 2012 a 2019. Segundo o Jornal Económico, que confirmou a notícia, Vieira Monteiro esteve de quarentena no início de março depois de uma viagem a Itália e estava nos cuidados intensivos no Curry Cabral durante a última semana.

Recorde-se que um homem de 80 anos, com "várias patologias associadas", segundo a ministra da Saúde, foi a primeira vítima mortal no país.