Esta segunda-feira, dia 9, Billie Eilish esteve em Miami, a sua primeira paragem na nova digressão que passa por Portugal no dia 10 de julho, e surpreendeu os fãs com a sua apresentação.

Durante o concerto, a cantora passou uma poderosa mensagem em vídeo para criticar os padrões de beleza impostos pela sociedade em relação ao corpo da mulher. "Vocês têm opiniões sobre as minhas opiniões, sobre a minha música, sobre as minhas roupas, sobre o meu corpo", começa por dizer.

Na gravação pode-se ver a artista, que completou 18 anos em dezembro, a despir a camisola, ficando apenas em sutiã, como pode ver no vídeo acima. "Algumas pessoas detestam a roupa que uso, outras elogiam-me. Algumas pessoas usam isso para tentar envergonhar outras pessoas, algumas pessoas usam-no para me envergonhar a mim. Mas sinto-vos a olhar, sempre. Nada do que eu faço passa despercebido", continua.

"Gostariam de mim se eu fosse mais pequena? Fraca? Suave? Mais alta? Gostavam que eu me calasse? Sentem-se provocados pelos meus ombros? E pelo meu peito? Eu sou o meu estômago? As minhas ancas? O corpo em que eu nasci não era o que queriam que fosse?", questiona.

Conhecida por usar roupas largas que escondem as suas formas, Billie ainda responde: "Se o que eu uso é confortável, não sou uma mulher. Se dispo algumas camadas, sou uma prostituta. Apesar de nunca terem visto o meu corpo, continuam a julgá-lo e a julgar-me por ele. Porquê?".

Billie Eilish

Billie Eilish

Kevin Mazur

"Presumem coisas sobre as pessoas baseando-se no tamanho delas. Nós decidimos qual é o nosso tamanho. Nós decidimos sobre o nosso corpo. Nós decidimos o que ele vale. Se usar mais roupa, se usar menos roupa, quem decide o que essas escolhas fazem de mim? O que significa isso? O meu valor é baseado apenas na vossa perceção? Ou a vossa opinião sobre mim não é da minha responsabilidade?", remata.