São uma série de confissões reveladoras do seu livro de memórias, Open Book. Jessica Simpson admite que batalhou contra a dependência do álcool, misturando a substânicia com comprimidos. A cantora, e empresária no ramo de moda, adiantou que se encontrava alcoolizada numa entrevista a Ellen Degeneres, em maio de 2017.

»» Jessica Simpson revela ter sido abusada sexualmente na infância

"Entrei numa montanha russa e não conseguia recuperar. Para eu cortar [no álcool] foi um tudo ou nada e não sabia que era um problema até que se tornou um", revelou durante conversa ao programa Today. "Percebi que tinha de me render. Tive que desistir e estava pronta. Não ia perder mais um dia", recordou.

»» Jessica Simpson sobre John Mayer: "Era obcecado por mim, sexualmente e emocionalmente"

Sóbria desde novembro de 2017, a cantora chegou a dar uma entrevista a Ellen Degeneres, uns meses antes. A conversa, que pode ver acima, causou alguma confusão entre os telespectadores que se manifestaram nas redes sociais. "A senhora mal consegue formar uma frase inteira", "Difícil de olhar", "Só pode estar drogada ou alcoolizada", são alguns dos comentários feitos em maio de 2017.

Agora, a cantora e empresária, assumiu que estava, de facto, embriagada. "Não consigo ver a entrevista. Foi um momento fraco para mim e não estava no momento certo na minha vida. Tinha começado uma espiral e não conseguia reconhecer-me.... devido ao álcool", revelou.