1 / 4

Reprodução Instagram, DR

2 / 4

Reprodução Instagram, DR

3 / 4

Reprodução Instagram, DR

4 / 4

Reprodução Instagram, DR

Hilaria Baldwin teve um distúrbio alimentar quando tinha 25 anos. Hoje, com 35 tem ainda uma relação complicada com a comida e revelou que estava "nervosa" ao usar a comida como uma "recompensa/punição", mas essa era a única maneira de chamar a atenção de Rafa, de 4 anos.

Na sua conta de Instagram, a professora de yoga pediu aos seus seguidores para lhe dizerem que técnicas usavam quando os filhos não ouviam.

"Acredito que ensiná-los a ter um relacionamento saudável com a comida quando estão chateados é a coisa mais importante", escreveu.

Hilaria Baldwin mostra corpo antes e depois de sofrer aborto

"Outra coisa importante que devemos ensinar aos nossos filhos é a diferença entre comida e sobremesa", escreveu ela. "Comida é nutrir. É nutrição. Sobremesa é para divertir e, às vezes, para comemorar", continuou.

A mulher de Alec Baldwin contou ainda que o menino ficou muito chateado, chorou e disse que a odiava, mas no dia seguinte as coisas mudaram. "A primeira conversa que o Rafa e eu falámos esta manhã foi ele a dizer como vai ser um bom ouvinte hoje", escreveu. "Abraçámo-nos e beijámo-nos e depois corremos para a cozinha para planear a sobremesa para hoje à noite."

"Em última análise, às vezes precisamos ser um pouco duros para ensinar os nossos bebés a não praticarem certos comportamentos que podem causar grande sofrimento na vida. O processo é doloroso, mas o resultado é o que precisa acontecer", concluiu.