Nuno Markl

Nuno Markl

Instagram

“A minha relação com o Facebook começou bonita, azedou, ficou em standby e nos últimos tempos eu era apenas um ‘lurker’. Tinha a conta, mas não a usava activamente, ia só ler. Nos últimos tempos percebi que só o mero acto de espreitar o que ali se passava dava-me a volta à tripa. Posts de presumíveis ‘amigos’ carregados de ódio, de ignorância, de negrume. Em poucos minutos vi malta que me segue a partilhar uma petição anti-Joacine por ela ser anti-patriota e uma crónica absurda sobre como ter animais de estimação é sinal da grave doença social do país.

Podia ter só apagado a app, mas ainda assim estaria a fazer parte de uma coisa que, cada vez mais, representa tudo aquilo que não sou, nem quero ser. E por isso foi hoje. Desta vez não foi uma pausa, não deixei o estaminé vazio. Peguei num bulldozer e mandei abaixo o estaminé. Apaguei a minha conta de vez. O Facebook deixou de existir para mim, hoje, e é uma sensação maravilhosa”, escreveu Nuno Markl no Instagram.

>> CLÁUDIA SEMEDO LEMBRA PASSIVIDADE DE NUNO MARKL EM SITUAÇÃO DE RACISMO VIVIDO PELA ATRIZ: "AINDA DÓI"