Esta segunda-feira, dia 11 de outubro, Júlia Pinheiro teve como convidada, no seu programa, Ana Dâmaso, uma jovem que falou abertamente sobre a anorexia que a levou a um estado grave.

"Um ano depois começo a ter um sentimento de tristeza muito grande", revelou Ana sobre o início da anorexia após a morte do pai. "Trata-se de uma doença incompreensível", disse ainda.

JÚLIA PINHEIRO AGRADECE APOIO DE JESSICA ATHAYDE: "A MINHA FILHA ESTAVA MUITO MAL"

Júlia Pinheiro, cujas duas filhas passaram por uma situação semelhante, acabou por se identificar com a história de Ana: "Eu peço imensa desculpa, mas eu projecto-me muito nestas conversas".

Espreite esta conversa honesta, no vídeo em cima, e ouça o psicólogo Abel Matos Santos que alerta: "Não é o doente que está a ter este comportamento, é a doença [a anorexia]".

Recorde-se que, em 2015, Júlia Pinheiro revelou em directo, no programa 'Queridas Manhãs', que a filha Carolina, na altura com 22 anos, estava internada devido a uma anorexia nervosa: “Há um momento na vida das figuras públicas em que o privado e o público se encontram e, por isso, o que eu vou dizer agora é muito privado, é da minha família. Embora não me pertencendo inteiramente, tenho que o divulgar publicamente. Há cerca de dez anos, na minha vida e na vida da minha família, entrou uma doença difícil. Chama-se anorexia nervosa e há dez anos que nos confrontamos com esta doença lá em casa. E tem sido um combate desigual".