Ricardo Martins Pereira esteve esta quinta-feira, 7 de outubro, no programa Júlia, da SIC, e falou abertamente sobre o fim do casamento com Ana Garcia Martins, que tem dado que falar na imprensa nacional.

“Eu acho que há um desgaste natural da relação em si, que se junta com à tal falsa compatibilidade de feitios que era muito prejudicial para mim e que me levava a anular-me muito”, confessou.

A certa altura, o jornalista lembrou ainda a relação difícil de Ana Garcia Martins com o enteado, fruto de uma anterior relação de Ricardo Martins Pereira.

“Nunca foi muito fácil para a Ana, até porque era miúda, ela conheceu o meu filho mais velho com um ano. Portanto, havia ali uma oportunidade total dela criar uma relação com ele desde bebé, começou por dizer.

“ Eu acho que ela desperdiçou essa oportunidade, talvez por seu muito miúda. Tinha 27, 28 anos e historicamente, bastava ler o blogue dela, ela não gostava de crianças e assumia claramente isso. Tinha muita dificuldade em relacionar-se com uma criança e então fugia disso, fugia da presença dele. Se eu estava com ele, ela não estava comigo, continuou.

O jornalista confidenciou ainda que esta era uma situação que o entristecia enquanto pai. A Ana tem uma relação com outra pessoa agora, se essa pessoa tivesse a relação com os filhos dela como ela tinha com o meu, eu tenho a certeza absoluta que ela não aceitaria isso e que iria sofrer bastante com isso”, completou.

Recorde-se que Ricardo Martins Pereira e Ana Garcia Martins têm dois filhos em comum, Mateus, de oito anos, e Benedita, de três.