Wentworth Miller

Wentworth Miller

Getty Images

Wentworth Miller, protagonista da série de sucesso Prison Beak, deixou um desabafo nas redes sociais sobre o diagnóstico de autismo que recebeu há cerca de um ano. Embora já tivesse dentro de si algumas certezas, só com o isolamento imposto pela pandemia o ator, de 49 anos, conseguiu compreender-se melhor.

"Tal como a toda a gente, a vida em quarentena tirou-me coisas. Mas no silêncio/isolamento, encontrei dádivas inesperadas”, começou por escrever numa longa publicação no Instagram.

"Este outono faz um ano que recebi o meu diagnóstico informal de autismo, procedido por um autodiagnóstico e seguido por um diagnóstico formal", explicou ainda, antes de revelar que apesar do “choque”, este diagnóstico não foi propriamente “uma surpresa” e realçou que este tipo de cuidado médico “é um privilégio do qual muitos não desfrutam”.

Wentworth Miller assume que ainda não tem muito conhecimento da condição e que, por isso, não pretende ser um porta-voz no sentido de desmistificar, mas sim exemplo para outros que possam ter recebido o mesmo diagnóstico e precisem de ajuda.

Para concluir, o artista aproveita para agradecer às pessoas com quem se tem cruzado ao longo da vida e que, consciente ou inconscientemente, lhe têm permitido viver da forma que lhe faz mais sentido, embora nem sempre siga o padrão.

O post deixado por Wentworth Miller no Instagram: