Morreu Constança Braddell. A jovem que uniu Portugal com o seu testemunho na primeira pessoa sobre a doença fibrose quística, não resistiu à doença. A notícia foi dada pela família, este domingo à noite, nas redes sociais.

"É com grande tristeza que hoje, dia 11 de julho pouco depois das 14h, a nossa querida Constança nos deixou. A Constança viveu constantemente a sua vida com um admirável positivismo e entrega. Nunca tomou nada por garantido, apreciando cada momento da sua vida como se fosse o seu último. Obrigada a todos os que se juntaram recentemente para ajudá-la a celebrar a Vida - é graças a todos e cada um de vós que ela viveu os mais extraordinários últimos meses da sua vida feliz e esperançosa.

Aos amigos e família que enriqueceram em tanto a vida da Constança, um obrigada do fundo do coração. Que a Luz dela nunca vos abandone.. seguimos juntos! Um obrigado muito especial à incrível equipa médica que tomou conta da Constança ao longo da sua vida. A Constança mostrou ao mundo o significado de 'Acreditar' e tornou-se numa inspiração para todos nós. Ela será e permanecerá sempre uma fonte de inspiração.
Aquela com o sorriso mais contagioso, que radiava energia e uma força de espírito inigualável. Constança Braddell tu és, e serás para sempre, a nossa maior guerreira. Nós amamos-te",
termina assim o comunicado da família.

"Não quero morrer. Quero viver". Foi com estas palavras que Constança Braddell fez um apelo desesperado nas redes sociais no início de março para conseguir o único medicamento que lhe podia salvar a vida. A jovem sofria de fibrose quística, uma doença genética rara, hereditária e que não tem cura.

»» Irmã de Constança Braddell faz atualização do seu estado: “O prognóstico é grave e pouco esclarecedor”

O seu apelo nas redes sociais tornou-se de tal forma viral que em 48 horas, Constança conseguiu angariar 200 mil euros para adquirir o fármaco com valor fixado em 192 mil euros. Dias depois recebeu também a notícia de que o seu pedido para o medicamento Kaftrio tinha sido aprovado pelo Infarmed. Com o apelo que fez nas redes sociais, a jovem desencadeou uma campanha para que o Katfrio – um medicamento novo e extremamente caro que trava a progressão da fibrose quística – fosse atribuído, de forma excecional, a um conjunto de doentes que reunissem as condições para o receber.

Constança estava internada nos Cuidados Intensivos há três semanas e o seu estado era considerado “muito grave”. Relembre AQUI, o testemunho de Constança Braddell que emocionou o país.

Constança Braddell

Constança Braddell

Reprodução Instagram, DR