A rainha Isabel II de Inglaterra, Meghan Markle, os príncipes Harry e William e Kate Middleton

A rainha Isabel II de Inglaterra, Meghan Markle, os príncipes Harry e William e Kate Middleton

Getty Images

Um ano e meio depois de abdicar oficialmente dos seus deveres reais, o príncipe Harry ainda luta para recuperar a relação cúmplice que sempre teve com a sua família, nomeadamente com o irmão, William, de quem era inseparável até se casar com Meghan Markle, em maio de 2019.

Quem tem tido um papel fundamental na reaproximação dos irmãos é Kate Middleton, que tem tentado sempre mantê-los unidos, promovendo o diálogo nas ocasiões em que estão juntos em público, como aconteceu no funeral do duque de Edimburgo, em abril último, ou na inauguração da estátua de homenagem à princesa Diana, no início deste mês.

picture alliance

Agora, uma fonte citada pela revista US Weekly garante que também Meghan Markle está empenhada em promover a união entre os dois irmãos e, para isso, até está a responder de forma positiva às tentativas de aproximação da cunhada. “A tensão acalmou entre as duas”, começa por dizer, antes de acrescentar que “Meghan está mais recetiva”. "A Kate até enviou um presente para a bebé da Meghan. Estão numa melhor fase e têm trocado mensagens desde o nascimento da Lilibet", remata.

Embora seja certo que a vida de Harry e Meghan agora passa pelos Estados Unidos, país que escolheram para criar os filhos, Archie, de dois anos, e Lilibet, de um mês, todos estas iniciativas de Kate Middleton poderão contribuir para uma proximidade entre todos.