Darren Gerrish

A filha de Gordon Ramsay revelou que esteve três meses num hospital psiquiátrico depois de ter sido vítima de assédio sexual, por duas vezes, quando tinha 18 anos. Hoje, com 21 anos, Holly fez um relato comovente para que "se continue a quebrar o estigma à volta da saúde mental".

"Fui para a universidade, estudei design de moda e adorei, mas na segunda metade do primeiro ano eu estava a ser afetada pelo meu stress pós-traumático e não fazia ideia do que estava a acontecer", disse no podcast '21 & Over'.

"Estava a sair muito, a faltar às aulas porque tinha saído. Eu não me estava a divertir. Eu estava a lutar muito. O stress pós-tráumatico foi resultado de duas agressões sexuais quando eu tinha 18 anos", revelou, explicando que só contou o que se estava a passar após um ano. "Apenas enterrei numa caixa no fundo da minha mente", afirmou.

Holly deixou a universidade um ano depois e foi internada no Nightingale Hospital em Marylebone, o único hospital privado de saúde mental de Londres. "[No hospital] foi onde fui diagnosticada com stress pós-traumático, ansiedade e depressão", contou.

“Desde então tenho feito terapia três vezes por semana. Agora tenho esses diagnósticos que carrego comigo. É confuso e estou a tentar usar isso para fazer algo bom", explicou.

A jovem partilhou nas redes sociais o podcast e afirmou: "Pedir ajuda não é apenas a coisa mais corajosa que tu podes fazer, mas também o primeiro passo para alcançar um 'eu' mais feliz e saudável."