1 / 4

KENZO TRIBOUILLARD

2 / 4

Vyacheslav Prokofyev

3 / 4

Vyacheslav Prokofyev

4 / 4

picture alliance

A grande vencedora do 65.º Festival Eurovisão da Canção foi a Itália com 'Zitti e Buoni', canção interpretada pelos Måneskin.

Os italianos ficaram em primeiro lugar na competição com os outros 25 países que estiveram na final desta edição em Roterdão, nos Países Baixos, mas o momento que se está a tornar viral está a deixar os fãs do festival em choque.

O vocalista da banda, Damiano David, foi acusado de consumir cocaína durante a cerimónia. O vídeo mostra o cantor a baixar a cabeça até à mesa e, no mesmo instante, é possível ver que o baterista, Ethan Torchio, lhe faz um aviso com o joelho.

Já depois de vencerem, na conferência de imprensa, Damiano negou ter consumido drogas durante a cerimónia.

A banda fez ainda um comunicado na sua página de Instagram sobre o assunto: "Somos contra as drogas e nunca consumimos cocaína. Estamos prontos para ser testados, não temos nada a esconder. Estamos aqui para tocar e estamos felizes por ter vencido a Eurovisão. Obrigada a todos pelo apoio".

Apesar das inúmeras críticas, foram muitos os fãs da banda que saíram em defesa do italiano.

"Reparem bem na mão direita e na boca dele. Ele está a celebrar", "Ele nem chegou perto da mesa!", "Vocês são loucos se acham que alguém iria consumir cocaína em direto num festival", pode ler-se no Twitter.

Recorde-se que Portugal, representado pelos The Black Mamba com o tema 'Love is on My Side', ficou em 12º lugar com 153 pontos.