Tim Graham

Milhões de pessoas assistiram às revelações inéditas da princesa Diana a Martin Bashir, em 1995, mas sabe-se agora que o jornalista da BBC teve um "comportamento desonesto" para garantir a entrevista.

Após um inquérito que pretendia esclarecer as acusações feitas por Charles Spencer, de que o ex-jornalista da BBC usou documentos falsos e outras manobras para chantagear Diana, Bashir veio a público pedir desculpas.

Em entrevista ao Sunday Times, o jornalista disse estar "profundamente desolado" pelos filhos da princesa, William e Harry, mas considera não ser o único responsável pelos os "medos" e pela "paranóia" descritos por Harry sobre a mãe.

"Nunca tive a intenção de prejudicar Diana de forma alguma e não creio que o tenhamos feito", começou por explicar. "Não creio que possa ser responsabilizado por muitas das coisas que estavam a acontecer na sua vida", disse ainda.

"Sugerir que sou individualmente responsável é irresponsável e injusto", acrescentou.

O antigo jornalista da BBC revelou ainda ao Sunday Times que após a entrevista os dois continuaram bons amigos.

A BBC também já respondeu afirmando que "houve falhas inaceitáveis". O canal pediu desculpas ao príncipe Carlos, aos duques de Cambridge e Sussex, e ainda ao irmão da princesa Diana.

1 / 24

Tim Graham

2 / 24

Tim Graham

3 / 24

Tim Graham

4 / 24

Tim Graham

5 / 24

Anwar Hussein

6 / 24

Tim Graham

7 / 24

Princess Diana Archive

8 / 24

Princess Diana Archive

9 / 24

Princess Diana Archive

10 / 24

Princess Diana Archive

11 / 24

Anwar Hussein

12 / 24

Tim Graham

13 / 24

Tim Graham

14 / 24

Tim Graham

15 / 24

Tim Graham

16 / 24

Laurent SOLA

17 / 24

Julian Parker

18 / 24

Pascal J Le Segretain

19 / 24

Neil Munns - PA Images

20 / 24

Martin Keene - PA Images

21 / 24

Mirrorpix

22 / 24

Mirrorpix

23 / 24

Tim Graham

24 / 24

Tim Graham