Getty Images

De visita à África do Sul no âmbito de uma campanha contra a caça furtiva de rinocerontes, a princesa Charlene vê-se neste momento impedida de regressar ao Mónaco devido a um problema de saúde.

De acordo com a revista Hello, a mulher do príncipe Alberto contraiu uma uma infeção que afeta as vias respiratórias, os ouvidos e a garganta e terá de permanecer por mais alguns dias na sua terra natal.

No comunicado divulgado pelo Palácio do Mónaco é ainda avançada a informação de que a princesa monegasca será uma das ausências do Grande Prémio de Fórmula 1 do Mónaco que acontece este fim de semana.

"De viagem pelo continente africano numa missão de conservação da fauna, Sua Alteza Real, a Princesa Charlene, sofre de uma infeção ORL [otorrinolaringologia], que não lhe permite viajar. Lamentavelmente, não poderá assistir ao Grande Prémio de Fórmula 1 do Mónaco", pode ler-se na nota citada pela publicação britânica.