Joana Seixas

Joana Seixas

Tiago Caramujo

Depois de Sofia Arruda ter revelado no programa Alta Definição, da SIC, que sofreu de assédio sexual no trabalho por parte de "uma pessoa com muito poder dentro de uma estação de televisão", outras figuras públicas como Carolina Deslandes, Bárbara Norton de Matos e Jessica Athayde revelaram episódios semelhantes.

Além de Débora Monteiro, Joana Seixas também revelou ao 'Expresso' ter sido vítima de assédio sexual por parte de alguém com posições hierárquicas superiores. No caso da atriz de 44 anos foi "um diretor de ficção de um canal televisivo” que o jornal aponta como sendo o mesmo homem denunciado por Sofia Arruda.

Esse homem terá tentado promover um encontro entre a atriz e um “famoso ator brasileiro” através do número direto da atriz, dado sem a sua autorização. “E chegaram a tentar combinar um encontro comigo num lobby de hotel, ao qual eu não cedi. Travei todos os avanços e os discursos diretos e inoportunos que me chegaram a fazer, que não davam espaço para dúvidas quanto ao propósito de ambos", recordou.

"Eles acharam que poderia ser uma presa fácil porque tinha acabado de me divorciar", afirmou.