Pedro Lima e Anna Westerlund

Pedro Lima e Anna Westerlund

Instagram

“Desde ontem que sinto que estou a viver numa DITADURA!! Temos uma casa no Zmar Eco Experience, e o governo decidiu que a temos de disponibilizar para receber doentes covid de Odemira a maior parte deles trabalhadores nas estufas locais. Diz o primeiro-ministro que eles têm direito a viver em condições dignas (obviamente, mas esse direito não começou ontem!)”, começa por denunciar Anna Westerlund nas suas páginas nas redes sociais, antes de deixar no ar algumas questões.

“Pergunto eu, há quanto tempo é que eles não vivem em cima uns dos outros enfiados em casas, sabe-se lá em que condições. Não é desde o tempo do Covid!!! E agora não são os empresários que os contratam que são responsáveis por eles? Não é o governo que fecha os olhos à quantidade deles que devem estar ilegais que cuida deles? Sou eu que sou OBRIGADA a ceder a minha casa para os receber”, questiona, visivelmente revoltada com toda a situação.

Anna Westerlund e Pedro Lima com os quatro filhos: Mia, Clara, Max e Ema

Anna Westerlund e Pedro Lima com os quatro filhos: Mia, Clara, Max e Ema

Instagram

A artista plástica refere também o facto do eco-resort se encontrar em processo de insolvência, algo que parecia ter uma solução à vista, mas que esta requisição civil pode prejudicar. “O Zmar está já há muito tempo numa situação financeira difícil e agora que tinha um investidor decidido a dar ao Zmar a dignidade que merece, acontece isto. Pergunto eu se o investidor desistir, quem é que se vai preocupar com os 200 trabalhadores do Zmar que vão ficar sem trabalho? Se o Zmar fechar quem é que se vai preocupar com a dinamização turística importante que este empreendimento proporciona naquela região? Se o Zmar fechar quem é que se vai preocupar com os proprietários que ficam com casas na ‘terra de ninguém’? Gostava de saber o que é que o primeiro-ministro vai requisitar nessa altura!?”, pergunta.

“Pelos vistos nós cidadãos comuns que cumprimos com as nossas obrigações, perdemos facilmente os nossos direitos a favor de empresários que não tomam conta dos direitos dos seus trabalhadores. Isto que está a acontecer com o Zmar e que parece uma simples requisição civil para resolver o COVID naquela zona é o camuflar de uma descaracterização daquela região que se enche de estufas, da ganância económica que não para para pensar nem olha a meios. Isto que está a acontecer no Zmar é MUITO GRAVE”, alerta Anna Westerlund.

Pedro Lima e o filho mais velho, João Francisco Lima

Pedro Lima e o filho mais velho, João Francisco Lima

Reprodução Instagram, DR

Recorde-se que a Zambujeira do Mar era um dos destinos de eleição para Pedro Lima, amante de surf e de natureza, e que era nela que o ator passava grande parte das férias e fins de semana em família.