Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo

Getty Images

O caso Mayorga continua a dar dores de cabeça a Cristiano Ronaldo. A norte-americana que o acusa de a ter violado num hotel de Las Vegas, Estados Unidos, em 2009, exige agora uma indemnização de mais de 60 milhões de euros.

O valor é revelado pelo jornal inglês Mirror, que explica que Kathryn Mayorga pede 20,7 milhões de euros “pela dor e sofrimento passados”, mais 18 milhões “pela dor e sofrimento futuro” e outros 18 milhões por “danos punitivos”. Além disso, são ainda exigidos os honorários dos advogados e as despesas judiciais, que ultrapassam os 2,8 milhões de euros.

Cristiano Ronaldo e Kathryn Mayorga

Cristiano Ronaldo e Kathryn Mayorga

Recorde-se que o caso foi tornado público em 2017, em documentos difundidos pela plataforma digital Football Leaks, mas só ganhou amplitude em setembro de 2019, quando Kathryn Mayorga deu uma entrevista à revista alemã Der Spiegel.

Nessa altura, a norte-americana disse ter sido obrigada a assinar um acordo de confidencialidade em troca de cerca de 325 mil euros. Agora, os seus advogados defendem que este documento não tem valor legal.

Cristiano Ronaldo assumiu ter-se envolvido com Kathryn Mayorga, mas sempre afirmou ter-se tratado sexo consensual.