Stefanie Keenan

Estávamos em 2015 quando Rita Wilson foi diagnosticada com cancro da mama. Na altura, a atriz de 64 anos atuava na peça da Broadway, "Fish in the Dark", produzida por Scott Rudin. Contudo, a experiência com o produtor não foi a melhor.

Em entrevista para o The New York Times, Rita contou que quando descobriu a doença, Scott "reclamou que ela iria precisar de uma folga durante a temporada de votação de Tony Awards [o maior prémio do teatro nos Estados Unidos] e pediu para ver os seus registos médicos, enquanto Anna Shapiro, a diretora, ficou chateada por ter que encontrar um substituto."

Poucos dias antes da estreia da peça, o agente da mulher de Tom Hanks avisou-a de que o seu cirurgião precisava de entrar em contacto com um supervisor de seguro imediatamente "de acordo com as exigências de Scott Rudin". "Senti que ele estava a tentar encontrar uma maneira de me despedir legalmente. Ele é o tipo de pessoa que faz alguém sentir-se sem valor e substituível", afirmou.

No entanto, um representante de Scott defendeu o produtor, que foi acusado de partir o monitor de um computador na mão de um assistente, referindo que este não queria que a peça interferisse no tratamento da atriz.

Scott Rudin ao lado de Samuel L. Jackson e LaTanya Richardson

Scott Rudin ao lado de Samuel L. Jackson e LaTanya Richardson

Noam Galai