Meghan Markle e Harry com Oprah Winfrey

Meghan Markle e Harry com Oprah Winfrey

Handout

No passado mês de fevereiro, altura em que se assinalou o primeiro ano da sua renúncia aos deveres reais, o príncipe Harry de Inglaterra e a mulher, Meghan Markle, deram uma entrevista polémica a Oprah Winfrey, durante a qual arrasaram a família real. Falta de apoio, discriminação e racismo foram alguns dos temas abordados, deixando a realeza britânica numa posição frágil e alguns dos seus membros bastante revoltados. Saiba mais sobre a entrevista AQUI!

>> IGNORADO POR PARTE DA FAMÍLIA REAL NO FUNERAL DO AVÔ, HARRY REAPROXIMA-SE DO PAI E DO IRMÃO

Meghan Markle, Harry e Isabel II de Inglaterra

Meghan Markle, Harry e Isabel II de Inglaterra

Getty Images

Embora tivessem vontade de contar ao mundo “a sua verdade”, Harry e Meghan certamente não previam que a entrevista fosse para o ar numa altura difícil para toda a família do príncipe e, sobretudo, para a rainha Isabel II e o marido. Foi nessa altura que o duque de Edimburgo foi hospitalizado devido a problemas cardíacos, tendo mesmo sido submetido uma intervenção cirúrgica. Contudo, acabou por não resistir e morreu a 9 de abril, aos 99 anos.

>> RAINHA ISABEL II DISPOSTA A QUEBRAR TRADIÇÃO NO FUNERAL DO MARIDO PARA PROTEGER O PRÍNCIPE HARRY

Esta notícia precipitou o regresso de Harry a Londres, sem Meghan, que por indicação médica permaneceu nos Estados Unidos por estar numa fase avançada da gravidez. Ora, o príncipe ainda não tinha tido a oportunidade de esclarecer os mal-entendidos com a família, com a qual se reencontrou no dia do funeral do avô, o que causou algum desconforto. O jovem acabou por ter ignorado por alguns familiares, mas a cunhada Kate Middleton fez o papel de mediadora e acabou por estabelecer a comunicação com o irmão, William, e com o pai, Carlos de Inglaterra.

Max Mumby/Indigo

>> COM MEGHAN MARKLE LONGE, KATE MIDDLETON TEM PAPEL FUNDAMENTAL NA RECONCILIAÇÃO DE HARRY E WILLIAM

A Heat Magazine adianta que Harry e Meghan estão “arrependidos” da entrevista que concederam a Oprah Winfrey, não pelo que foi dito, mas por esta ter coincidido com uma fase muito complicada para a rainha de Inglaterra. "Eles desejavam que as coisas pudessem ter sido diferentes. Eles precisavam de falar e não encontraram outra forma. O amor e respeito de Harry e Meghan pelo príncipe Filipe e pela rainha nunca esteve em causa", garantiu uma das melhores amigas da ex-atriz à publicação, acrescentando o casal não teve qualquer controlo sobre a data de emissão da entrevista, no canal norte-americano CBS.